Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Infecção versus câncer de cabeça e de pescoço

Diversas infecções virais, como HPV, Epstein-Barr (EBV), hepatite C e HIV, estão associadas a um aumento no risco de câncer de cabeça e pescoço.

Cânceres de cabeça e de pescoço são comuns em diversas partes do mundo. Os riscos primários para esses tipos de câncer incluem o uso de cigarro, o consumo de álcool e asinfecçõespelos vírus Papilomavírus (HPV) – câncer de oro-faringe – e Epstein-Barr (EBV) – câncer de naso-faringe.

Em todo o mundo, os dois tipos de câncer acometem mais de 550.000 e matam mais de 380.000 pessoas por ano. Os homens são significativamente mais afetados que as mulheres, na razão de 2:1 a 4:1. A incidência ultrapassa 20 por 100.000 em regiões da França, Hong Kong, Espanha, Itália e Brasil.

Múltiplos tipos de infecções virais são associadas com o aumento de risco de câncer de cabeça e pescoço, incluindo além do HPV e EBV, o vírus C da hepatite e o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV).

Um grande número de evidências suporta o papel do EBV como agente etiológico primário na patogênese do carcinoma nasofaringeano. Dados epidemiológicos e moleculares demonstram a importância do HPV 16 em pacientes com câncer de cabeça e pescoço, particularmente na base da língua e nas tonsilas. São vistos em homens jovens que não fazem uso de cigarro e/ou bebida alcoólica.

O Vírus Herpes Simplex, embora menos correlacionado com o desenvolvimento de câncer oral, quando comparado com os vírus EBV ou HPV, apresenta títulos elevados do anticorpo IgM para o sorotipo HSV 1 – demonstração de atividade viral – tanto no câncer de cabeça como no de pescoço.

A infecção pelo vírus C da Hepatite crônica é fortemente associada com o desenvolvimento do carcinoma hépatocelular e, também correlaciona-se a outras neoplasias, incluindo as doenças linfoproliferativas.

Em publicação científica recente, demonstrou-se a presença estatisticamente maior de anticorpos desse vírus quando comparado com o grupo controle em pacientes com câncer de cabeça e pescoço. A imunodeficiência devida ao HIV ou ao transplante de órgãos sólidos é também relacionada ao câncer da região da cabeça e pescoço.

Sem dúvida, é cada vez mais frequente a associação das diversas etiologias infecciosas com os mais variáveis tipos de câncer.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Dom. dia 22/07, às 8h   SEDE INTERNACIONAL   Reunião do Santo Jejum       Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - São Paulo - SP

 

   

 



 

Qual destas três Mensagens abaixo você gostaria de ouvir na segunda-feira 23/07/2018?