Pr. Rodrigo Rosa

Pr. Rodrigo Rosa

Sede Estadual - GO pr.rodrigorosa@pazevida.org.br

Pr. Luiz Carlos

Pr. Luiz Carlos

Sede Estadual – MA pr.luizcarlos@pazevida.org.br

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI pr.marciodasilva@pazevida.org.br

Pr. Gilson Marques

Pr. Gilson Marques

Sede Estadual – RS pr.gilsonmarques@pazevida.org.br

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Internacional – SP   pr.joaquimneto@pazevida.org.br  

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – PE pr.luciano@pazevida.org.br

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE pr.gilvamgomes@pazevida.org.br

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – MG pr.danyelpagliarin@pazevida.org.br

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal pr.fabiohenrique@pazevida.org.br

Pr. Elianderson Castro

Pr. Elianderson Castro

Sede Estadual – AM pr.elianderson@pazevida.org.br

Pra. Marta Aguiar

Pra. Marta Aguiar

Sede Estadual – SC pra.martaaguiar@pazevida.org.br

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL pr.carlospinheiro@pazevida.org.br

Pr. Alex Oliveira

Pr. Alex Oliveira

Sede Estadual – PA pr.alexoliveira@pazevida.org.br

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Estadual – RJ pr.neilton@pazevida.org.br

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual - RN pr.jeanvilela@pazevida.org.br

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual – CE pr.crescio@pazevida.org.br

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB pr.reginobarros@pazevida.org.br

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   pr.sandropinheiro@pazevida.org.br

Pr. Ubyratan Araújo

Pr. Ubyratan Araújo

Sede Estadual – BA pr.ubyratan@pazevida.org.br

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PR pr.delson@pazevida.org.br

Aids: anticorpo é capaz de atacar até 99% do vírus HIV

Em um avanço considerado "emocionante", cientistas desenvolveram um anticorpo que ataca 99% das cepas do vírus HIV e pode prevenir a infecção em primatas.

Cientistas conseguiram desenvolver um anticorpo capaz de atacar até 99% das cepas do vírus da aids. De acordo com um estudo publicado na quarta-feira na renomada revista científica Science, o anticorpo foi capaz de prevenir a infecção em primatas. A próxima etapa, que está programada para 2018, irá estudar sua capacidade em prevenir ou tratar a infecção em humanos. A descoberta foiconsiderada um “avanço emocionante” pela Sociedade Internacional de Aids, de acordo com informações da rede britânica BBC.

Mutações e super anticorpo

Um dos grandes desafios na batalha contra o HIV está na grande habilidade de mutação do vírus, o que faz com ele mude de aparência quando já está dentro do corpo, criando várias “cepas” diferentes e fazendo com que o sistema imunológico tenha que combater um número imensurável de cepas do mesmo vírus simultaneamente. Para efeito de comparação, tais variações são similares ​​às do vírus influenza (da gripe) durante um surto mundial.

Mas, após anos de infecção, o organismo de alguns pacientes desenvolve “anticorpos de ampla neutralização”, uma espécie de armar capaz de matar grandes extensões de cepas do HIV. O grande feito dos pesquisadores foi conseguir combinar três desses ‘super anticorpos’ em um “triplo anticorpo específico” ainda mais poderoso.

“Eles são mais potentes e têm uma amplitude maior do que qualquer anticorpo natural que tenha sido descoberto”, disse Gary Nabel, diretor científico da Sanofi e um dos autores do estudo. Para se ter ideia, os anticorpos naturais mais fortes atingem 90% das cepas de HIV. O novo tem uma cobertura de 99%.

Teste em animais

Para testar a eficácia do novo anticorpo, os pesquisadores o injetaram em 24 macacos que, em seguida, foram infectados pelo vírus HIV. Para sua surpresa, nenhum dos primatas desenvolveu a infecção. “Foi um grau impressionante de proteção”, declarou Nabel.

A pesquisa, que contou com a participação de cientistas da Escola Médica de Harvard, do Instituto de Pesquisas The Scripps e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, é resultado de uma parceria entre o Instituto Nacional de Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos e a farmacêutica Sanofi.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Terça, dia 24/10, às 19h Reunião do PROVER     SEDE INTERNACIONAL     Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - São Paulo - SP

 

   

 



 

Qual destas três Mensagens abaixo você gostaria de ouvir na segunda-feira 30/10/2017?