Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Anvisa proíbe lotes de queijo e uma marca de leite condensado

Produtos apresentaram contaminação por bactéria responsável por infecção alimentar, além de ser capaz de atingir o cérebro.

Três lotes de queijo da marca Friolack, além de um lote do leite condensado da marca Fazendeira, foram proibidos de ser comercializados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em nota, a agência declarou que os lotes 290 do queijo prato Lanche – fatiado e interfolhado, o 303 do queijo mussarela fatiado e o 312 do queijo de coalho — fabricados pela empresa Laticínios Friolack Ltda – ME apresentaram a bactéria Listeria monocytogenes, capaz de provocar listeriose (infeção alimentar) infecções no sistema nervoso central, além de outros problemas.

De acordo com o órgão, a Friolack Ltda. já havia anunciado que iria recolher os lotes irregulares; no entanto, ainda há estoque no mercado.

O mesmo aconteceu com um lote do leite condensado da marca Fazendeira. De acordo com a Anvisa, o lote 0681M1 do produto foi suspenso por ter apresentado excesso da bactéria Estafilococos coagulase positiva, capaz de provocar vômitos, dor de barriga e mal-estar. O produto já havia passado por interdição preventiva de noventa dias, e foi definitivamente proibido por não apresentar contraprova à interdição inicial.

A decisão foi tomada após laudo de análise emitido pelo Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro. A Baduy e Cia Ltda., empresa fabricante do produto, não poderá mais comercializar e distribuir o produto, além de ter de recolher todo o estoque ainda existente no mercado.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Dom. dia 22/07, às 8h   SEDE INTERNACIONAL   Reunião do Santo Jejum       Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - São Paulo - SP

 

   

 



 

Qual destas três Mensagens abaixo você gostaria de ouvir na segunda-feira 23/07/2018?