Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   pr.sandropinheiro@pazevida.org.br

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual - RN pr.jeanvilela@pazevida.org.br

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – PE pr.luciano@pazevida.org.br

Pr. Ubyratan Araújo

Pr. Ubyratan Araújo

Sede Estadual – BA pr.ubyratan@pazevida.org.br

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal pr.fabiohenrique@pazevida.org.br

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual – CE pr.crescio@pazevida.org.br

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – MG pr.danyelpagliarin@pazevida.org.br

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB pr.reginobarros@pazevida.org.br

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE pr.gilvamgomes@pazevida.org.br

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL pr.carlospinheiro@pazevida.org.br

Pra. Marta Aguiar

Pra. Marta Aguiar

Sede Estadual – SC pra.martaaguiar@pazevida.org.br

Pr. Alex Oliveira

Pr. Alex Oliveira

Sede Estadual – PA pr.alexoliveira@pazevida.org.br

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Internacional – SP   pr.joaquimneto@pazevida.org.br  

Pr. Rodrigo Rosa

Pr. Rodrigo Rosa

Sede Estadual - GO pr.rodrigorosa@pazevida.org.br

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI pr.marciodasilva@pazevida.org.br

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Estadual – RJ pr.neilton@pazevida.org.br

Pr. Luiz Carlos

Pr. Luiz Carlos

Sede Estadual – MA pr.luizcarlos@pazevida.org.br

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PR pr.delson@pazevida.org.br

Pr. Elianderson Castro

Pr. Elianderson Castro

Sede Estadual – AM pr.elianderson@pazevida.org.br

Pr. Gilson Marques

Pr. Gilson Marques

Sede Estadual – RS pr.gilsonmarques@pazevida.org.br

WhatsApp pode permitir transferência de dinheiro entre usuários

WhatsApp, que pertence ao Facebookpode passar a permitir a realização de pagamentos e transferência de dinheiro entre usuários. Segundo o site indiano The Ken, quatro pessoas com conhecimento sobre o projeto disseram que a empresa planeja lançar esse serviço no país dentro de seis meses.

Outro veículo especializado em negócios, a agência Reuters, cita como evidência desse plano a busca da empresa pela contratação de um profissional com conhecimentos específicos sobre esse tipo de transação para atuar na Índia.

A empresa não confirmou o projeto, mas também não negou categoricamente o plano. “A Índia é um importante país para o WhatsApp e estamos entendendo como podemos contribuir mais para a visão da Índia Digital. Estamos explorando como podemos trabalhar com empresas que compartilham dessa visão e continuamos a ouvir de perto o feedback dos nossos usuários”, disse porta-voz da empresa.

O anúncio de emprego no site do WhatsApp mostra que o aplicativo busca um candidato com embasamento técnico e financeiro, que entenda a interface unificada de pagamentos da Índia e o aplicativo de pagamentos BHIM, que permite transferir recursos usando números móveis.

A decisão do WhatsApp de entrar no mercado de pagamentos digitais na Índia, seu maior mercado, que concentra 200 milhões do seu bilhão de usuários no mundo, replica movimentos similares de aplicativos de mensagens como o chinês WeChat, da Tencent Holdings.

Em novembro do ano passado, a Índia restringiu a circulação de notas de dinheiro de maior valor. A medida fez com que aumentasse a procura por aplicativos de pagamentos digitais. A população do país tem grande acesso a smartphones e também faz bastante uso de ferramentas de comércio eletrônico, pagamentos e outros serviços financeiros online.

(Com Reuters)

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Aguarde Novas Atualizações

 

   

 



 

7Qual destas três Mensagens abaixo você gostaria de ouvir na segunda-feira 03/07/2017?