Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Preço médio de moradias cai pelo oitavo mês seguido no Brasil

O valor do metro quadrado de imóveis residenciais no Brasil caiu pelo oitavo mês seguido, de acordo com o Índice FipeZap, divulgado nesta sexta-feira (3).

O preço médio caiu de R$ 7.636 em setembro para R$ 7.633 em outubro — variação percentual mínima, de 0,04%

A queda acompanha uma tendência que se verifica desde fevereiro, quando o preço médio do metro quadrado chegou a R$ 7.701, mas começou a cair desde então — redução de 1% no período.

No acumulado de 2017, o indicador elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, vinculado à USP (Universidade de São Paulo), mostra queda no valor real das moradias.

De janeiro a outubro deste ano, o valor médio recuou -0,56%, enquanto a inflação oficial (IPCA) subiu 2,26% no período.

A queda no ano é puxada pela forte redução nos preços do metro quadrado de 2 das 20 cidades acompanhadas pelo índice: Rio de Janeiro e Fortaleza.

Com o preço mais alto do País, o Rio tem o metro quadrado calculado em R$ 9.871 — desde janeiro, o recuo foi de 3,86%. Já a capital do Ceará teve o metro quadrado estimado em R$ 6.033 em outubro: queda de 3,39% no ano.

Dados gerais

Segundo o Índice FipeZap, 10 das 20 cidades pesquisadas registraram recuo nos preços de venda na passagem de setembro para outubro, com destaque para Santos (0,58%), Rio de Janeiro (0,47%) e Distrito Federal (0,38%).

Entre as cidades que registraram aumento nominal de preço, as maiores variações foram observadas em Florianópolis (0,53%), Belo Horizonte (0,51%) e Porto Alegre (0,45%).

Após o Rio de Janeiro, os valores médios mais caros estão em São Paulo (R$ 8.728) e Distrito Federal (R$ 8.255).

Já as cidades com menor valor médio por médio quadrado foram Contagem (R$ 3.538), Goiânia (R$ 4.104) e Vila Velha (R$ 4.628).

Fonte: R7


bannerMemorial

Aguarde Novas Atualizações