Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Uber agora permite uso de crédito pré-pago

Uber começou a permitir nesta quinta-feira, 14, que usuários brasileiros do aplicativo usem créditos pré-pagos para pagar pelas corridas. A lógica é a mesma do celular pré-pago: a pessoa vai até um dos 250 mil pontos de recarga, faz um pagamento entre 25 reais e 200 reais e a máquina gera um código, que o usuário deve cadastrar no serviço.

O Brasil é o único país em que o Uber vai oferecer essa modalidade de quitação por ora, beneficiando-se da popularidade dos celulares pré-pagos – hoje, eles são mais de 60% das linhas móveis ativas no Brasil, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A empresa americana tenta atrair pessoas que não têm cartão de crédito. De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), só 28% dos consumidores brasileiros fazem uso de cartões de crédito no país.

Ampliar as opções de pagamento se tornou mais importante para o Uber à medida que a empresa acelerou sua expansão nas regiões metropolitanas das grandes cidades. “O Brasil é o segundo maior mercado para o Uber no mundo em número de corridas”, disse Barney Harford, diretor global de operações da empresa. “Queremos oferecer o maior número de opções de pagamento possível, e os créditos permitem que as pessoas não precisem carregar dinheiro com elas.”

Estimulando as pessoas a manter o dinheiro dentro do aplicativo, e não no bolso, o Uber também poderá resolver outro problema: a segurança.

Em diversas conversas com a reportagem, motoristas que dirigem pelo aplicativo dizem sentir medo de circular com o dinheiro das corridas pelas ruas da cidade.

Segundo o Uber, os créditos pré-pagos poderão ser usados tanto para pagar corridas no aplicativo de carona quanto para pagar por refeições encomendadas por meio do aplicativo de delivery de comida Uber Eats no país – hoje, o serviço é oferecido em apenas cinco cidades.

Para adicionar os créditos do Uber no celular, basta abrir o aplicativo, tocar em Menu, abrir a seção Pagamentos, depois Adicionar forma de pagamento e, então, Uber Pré-Pago. O aplicativo abrirá um campo para que o usuário possa digitar o código recebido no ponto de venda após o pagamento pelo valor desejado em créditos. Conforme o usuário utilizar o valor em corridas, o crédito disponível é abatido do total cadastrado no aplicativo.

A recarga não é a primeira iniciativa da companhia no segmento de pré-pagos. No fim de 2017, o Uber passou a vender cartões pré-pagos em lojas de varejo, o que permitia aos usuários comprarem créditos.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Aguarde Novas Atualizações