Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

O Chamado de Mateus

LC Quando Jesus voltou, a multidão o recebeu; porque todos o estavam esperando. MT E Jesus, passando adiante dali, viu LC um publicano de nome Levi, MT também chamado Mateus MC filho de Alfeu, sentado na coletoria, e disse-lhe:

– Segue-me.

LC E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu.

Deu-lhe então Levi um lauto banquete em sua casa. MC Ora, estando Jesus à mesa em casa de Levi, estavam também ali reclinados com Ele e seus discípulos muitos publicanos e pecadores; pois eram em grande número e o seguiam.

Vendo os escribas dos fariseus que Jesus comia com os publicanos e pecadores, perguntavam aos discípulos:

– Por que é que ele come com os publicanos e pecadores?

MT Jesus, porém, ouvindo isso, respondeu:

– Não necessitam de médico os sãos, mas sim os doentes. Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores ao arrependimento.

Notas do Autor: LC 8:40; MT 9:9; LC 5:27; MT 9:9b; MC 2:14b; LC 5:28-29; MC 2:15-16; MT 9:12-13

UM PUBLICANO DE NOME LEVI. O judeu Levi, cujo nome quer dizer “junto”, “adesão”, estava a serviço de si mesmo e de Roma. Acostumado ao ódio e ao desprezo de seus compatriotas, recebeu o mais honroso chamado já feito a um pecador. Constrangido com o inesperado interesse do maior de todos os judeus, deixou uma rendosa concessão pública, para seguir Aquele que o amou, sem nenhuma explicação, e o presenteou com tão doce Salvação.

TAMBÉM CHAMADO MATEUS. Este nome vem do hebreu Mattithyah e quer dizer “dom de Deus”. É bem provável que este nome lhe tenha sido dado depois da sua conversão, para mostrar que a Salvação é um presente que o ser humano recebe de Deus, sem merecer. Afinal, quem poderia imaginar um publicano entrando no Céu e, ainda por cima, tornando-se um dos mais importantes apóstolos de Jesus? Mateus foi o autor da parte do Evangelho que leva o seu nome. Foi também o apóstolo que mais citou as profecias da Torá para provar aos judeus de que Jesus é o Messias, o Ungido de Deus.

DEU-LHE LEVI UM LAUTO BANQUETE EM SUA CASA. Rico, por causa da corrupção, fez uma despedida digna de constar nas colunas sociais de Cafarnaum. Deixou para trás uma bela mansão e uma vida confortável para andar “Levi/Junto” com o Senhor, em total adesão ao Reino de Deus.

NÃO NECESSITAM DE MÉDICO OS SÃOS, MAS SIM OS DOENTES. Ao registrar esta frase de Jesus, dita dentro da sua casa, Mateus reconheceu que era um doente e que Jesus foi a cura completa dos seus pecados e de toda a sua infelicidade.

MISERICÓRDIA QUERO E NÃO SACRIFÍCIOS. Jesus citou um trecho do pequeno livro de Oseias (6.6). Isto nos mostra que nenhum livro da Escritura, por menor que seja, pode ser desprezado, porque contém importante ensinamento para conhecermos a vontade de Deus: “Pois misericórdia quero e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos”.

 

Por Juanribe Pagliarin

bannerMemorial

Dom. dia 21/10, às 8h     Reunião do Santo Jejum   SEDE ZONA LESTE         Av. Celso Garcia, 6076 - Penha - São Paulo - SP