Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Márcio Candido

Pr. Márcio Candido

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Que elementos da dieta ajudam a fortalecer o sistema imunológico?

Os prebióticos e probióticos melhoram a qualidade da microbiota intestinal e, com isso, o sistema imunológico. Que outros alimentos ajudar a fortalecer as defesas do corpo?

Uma dieta correta é uma importante maneira de melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Inclusive, garantir que seu corpo receba os nutrientes certos tem um papel fundamental no combate a organismos estranhos e na prevenção de doenças autoimunes.

A chave para uma dieta adequada é a variedade. No entanto, aumentar o consumo de certos alimentos ou nutrientes pode ajudá-lo a se sentir melhor e a sofrer menos doenças. Neste artigo, veremos como usar a dieta para melhorar as defesas naturais do corpo e fortalecer o sistema imunológico.

Vitamina D

A vitamina D não é um nutriente abundante na natureza, mas o corpo pode sintetizá-la com a exposição ao sol. Você também pode encontrá-la em certos alimentos, como peixes, laticínios e ovos. É uma vitamina lipossolúvel, portanto necessita de gordura para seu transporte e acúmulo.

Nos últimos anos, pesquisadores associaram o deficit dessa vitamina a um maior risco de certas doenças autoimunes e alergias. Embora os mecanismos fisiológicos ainda não estejam claros, estudos como este de 2015 apoiam a afirmação de que a vitamina D desempenha um papel importante no sistema de defesa do corpo. 

Dieta cetogênica contra o vírus da gripe

Um estudo de 2019 conduzido em ratos publicado na Science Immunology mostra o potencial da dieta baixa em carboidratos contra o vírus da gripe. Com isso, parece que a dieta cetogênica poderia ser útil na prevenção ou alívio de doenças, embora isso ainda não tenha sido comprovado em humanos.

O mecanismo que sustenta essa teoria se baseia no fato de que uma dieta baixa em carboidratos melhora a expansão das células T do sistema imunológico, que são responsáveis ​​pela resistência antiviral. No entanto, ainda são necessários estudos em humanos para fornecer evidências que apoiem essa teoria.

Existe outro estudo conduzido em ratos publicado na Immunity em 2018 que relaciona a ingestão de fibras com uma maior sobrevivência ao vírus da gripe. Isso se deve ao aumento da formação de ácidos graxos de cadeia curta, que possuem propriedades anti-inflamatórias. No entanto, novamente, ainda são necessárias pesquisas em humanos.

Prebióticos, probióticos e o sistema imunológico

Nos últimos anos, os prebióticos e probióticos se tornaram bem populares. Isso se deve à sua capacidade de modificar a microflora intestinal, o que traz algumas vantagens.

Uma dessas vantagens é que ajuda a melhorar a resposta imune do corpo. O intestino é uma das primeiras barreiras que o sistema imunológico possui.

Estudos como este de 2003 publicado no Anales de Pediatria mostram que o uso de prebióticos e probióticos diminui o risco de desenvolver dermatite atópica, especialmente em idades precoces. Além disso, o consumo dessas substâncias está relacionado a uma redução de infecções do intestino e das vias aéreas superiores.

Ingestão regular de vitaminas

As vitaminas desempenham muitas funções importantes no corpo humano. Elas trabalham como catalisadores para muitas funções metabólicas e também contribuem para o sistema imunológico.

Inclusive, esta pesquisa do The Journal of Pharmacy and Pharmacology afirma que a administração de vitamina C junto com ginseng vermelho melhora a ativação das células imunológicasT e NK, suprimindo assim o progresso do ciclo viral da gripe. Além disso, a vitamina C também pode reduzir a inflamação pulmonar causada por uma infecção viral.

Alimente-se bem para ajudar seu sistema imunológico!

A dieta tem uma influência importante na função imunológica. Uma alimentação balanceada e variada melhora as barreiras defensivas contra organismos externos e contra o aparecimento de alergias e doenças autoimunes.

Para isso, é fundamental garantir que você obtenha vitaminas o suficiente, principalmente as vitaminas D e C. Por sua vez, as fibras e os probióticos também podem ajudar a prevenir doenças que envolvam inflamação crônica.

Cabe ressaltar que existem determinadas dietas que podem ajudar a prevenir ou tratar certas patologias. Um exemplo é a dieta cetogênica, que pode ter benefícios no combate à gripe. No entanto, ainda são necessários estudos em humanos para confirmar essa teoria e esclarecer os mecanismos fisiológicos.

Em última análise, tenha em mente que o consumo regular de alimentos frescos e a redução da ingestão de alimentos processados ​​são estratégias eficazes para melhorar o sistema imunológico e a saúde em geral. Cuidar do corpo começa pelos alimentos que você ingere!

Fonte: Fitpeople


bannerMemorial

Aguarde novas atualizações