Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Wadson Medeiros

Pr. Wadson Medeiros

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Márcio Candido

Pr. Márcio Candido

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. David Scarinci

Pr. David Scarinci

Sede Estadual – PA   [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

10 passos para desacelerar o processo de envelhecimento

Atitudes simples, que podem ser tomadas em nosso cotidiano, fazem com que o processo de envelhecimento não seja tão severo.

Como diria Cazuza, o tempo não para. Com o passar dele, é normal sentirmos os efeitos do envelhecimento. Mas eles podem ser reduzidos. Por isso, o farmacêutico homeopata Jamar Tejada nos mostrou 10 ações simples que irão muita diferença na hora de frear a evolução desse processo.

1 – Ingestão aumentada de água, corte ou diminuição de sucos industrializados, bebidas alcoólicas e refrigerantes;

2 – Evitar o tabagismo, excesso de medicamentos entre outros vícios químicos;

3 – Usar o sol com moderação, já que pode ajudar na obtenção da vitamina D, essencial a muitas funções do organismo. Sem abusar, já que a exposição solar exagerada e principalmente sem proteção, ao longo da vida, pode aumentar os riscos de manchas e câncer de pele;

4 – Por outro lado, o protetor solar é um aliado contra o envelhecimento. Utilize mesmo dentro de casa ou do escritório que aumenta a exposição à luz azul;

5 – Evitar poluição e praticar a limpeza contínua da região da face;

6 – Meditação é atualmente mais que uma terapia, é uma necessidade e interfere diretamente sobre o processo de envelhecimento, pois ajuda no equilíbrio da ansiedade e da insônia;

7 – Dormir mais, pois o sono interfere diretamente na melhora do sistema imunológico, na secreção de hormônios, como o de crescimento e insulina, deixa a pele mais bonita e saudável, além de relaxar toda a musculatura;

8 – Usar cosméticos inadequados para o tipo de pele ou produtos corporais na face pode prejudicar, alterando o pH natural, ressecando a pele ou aumentando a oleosidade do local, obstruindo poros e causando manchas, acne e até descamação. Ou seja, para evitar o envelhecimento fuga deles;

9 – Por fim às dietas doidas que alteram todo o metabolismo em apenas alguns dias ao invés de ajudarem, só aceleram seu processo de envelhecimento. A flacidez, por exemplo, é o primeiro resultado.

10 – Melhorar de vez a alimentação. Uma dieta balanceada rica em frutas, legumes e verduras é mais que fundamental, é regra básica para equilíbrio da microbiota (flora intestinal), assim como para a correta nutrição do organismo, alimentos ricos em nutrientes como selênio, licopeno, flavonoides, vitaminas A, C, E e coenzima Q10 reduzem os radicais livres, interferindo diretamente na produção de colágeno e elastina, resultando em uma pele mais firme e com menos rugas.

Fonte: lifestyle.r7


bannerMemorial

Aguarde atualizações