Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Márcio Candido

Pr. Márcio Candido

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Auxílio Emergencial: veja a situação de cada lote e parcela de pagamento

Os trabalhadores elegíveis ao Auxílio Emergencial têm diferentes calendários para receber os benefícios.

Quem se inscreveu para receber a ajuda de R$ 600 por meio do aplicativo ou do site do programa tem calendários de pagamentos divididos em cinco lotes, em cada uma das cinco parcelas anunciadas (veja a situação de cada lote abaixo). Isso acontece porque o pagamento é liberado à medida que os inscritos vão sendo aprovados.

No caso dos que já recebiam o Bolsa Família, os pagamentos do novo benefício seguem as mesmas datas previstas para o bolsa.

Para os que estavam no Cadastro Único mas não recebiam o Bolsa Família, o calendário de pagamentos é o mesmo do primeiro lote dos inscritos via aplicativo e site.

No total, até o momento, são cinco lotes de pagamento, que contemplam os trabalhadores que foram aprovados até o início de julho para receber o Auxílio - veja abaixo a situação de cada lote.

A Caixa Econômica Federal informou que as últimas parcelas não serão divididas para quem se inscreveu pelo site ou aplicativo e para quem está no Cadastro Único.

Beneficiários do Bolsa Família também receberão as duas últimas parcelas uma única vez no mês, como já vem ocorrendo.

Veja a situação de cada lote

Lote 1

Quem são: trabalhadores aprovados em abril

Situação atual: beneficiários receberam a 3ª parcela em poupança social digital da Caixa entre 27 de junho e 4 de julho. Saques serão liberados entre 18 de julho e 19 de setembro.

Parcelas que faltam:
4ª parcela será paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
5ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.

Lote 2

Quem são: trabalhadores aprovados em maio

Situação atual: beneficiários receberam a 2ª parcela em poupança social digital entre 27 de junho e 4 de julho. Saques serão liberados entre 18 de julho e 19 de setembro.

Parcelas que faltam:
- 3ª parcela
 será paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
4ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
5ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.

Lotes 3 e 4

Quem são: aprovados em junho

Situação atual: beneficiários receberam a 1ª parcela em poupança social digital nos dias 16 e 17 de junho (lote 3) e de 27 de junho a 4 de julho (lote 4). Saques liberados entre 6 e 14 de julho (lote 3) e entre 18 de julho e 19 de setembro (lote 4).

Parcelas que faltam:
2ª parcela será paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
3ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
4ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
5ª parcela será paga entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberada entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.

Lote 5

Quem são: aprovados entre fim de junho e começo de julho

Parcelas que faltam:
1ª parcela será paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
2ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
3ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberadas entre entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.

Inscritos no Cadastro Único, mas fora do Bolsa Família

O calendário acompanha o Lote 1 dos inscritos via app e site.

Situação atual: beneficiários receberam a 3ª parcela em poupança social digital da Caixa entre 27 de junho e 4 de julho. Saques serão liberados entre 18 de julho e 19 de setembro.

Parcelas que faltam:
4ª parcela será paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
5ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.

Trabalhadores dentro do Bolsa Família

Os pagamentos seguem o calendário do próprio benefício. Para estes, não haverá 'divisão' dos últimos dois meses do benefício.

Situação atual: beneficiários receberam a 3ª parcela entre os dias 17 e 30 de junho.

Parcelas que faltam: 4ª e 5ª parcelas. Os pagamentos serão feitos seguindo o calendário do Bolsa Família, sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. Assim, a 4ª parcela será paga entre 20 e 31 de julho; e a 5ª, entre os dias 18 e 31 de agosto.

Fonte: G1

bannerMemorial

Aguarde Novas Atualizações