Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – PE [email protected]

Temporal alaga marginais e provoca caos no trânsito de São Paulo

Um forte temporal atingiu a cidade de São Paulo na madrugada desta segunda-feira, 10, e deixou todas as regiões em estado de atenção para alagamentos, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas de São Paulo (CGE-SP). Na manhã de segunda, as chuvas ainda afetavam o funcionamento do transporte público na capital paulista e travavam algumas das principais vias da capital, provocando caos no trânsito da cidade.

O governador João Doria, que está em Dubai, pediu que a população evite todo deslocamento que não seja “absolutamente necessário”. “Importante todos ficarem atentos às recomendações de segurança para que se protejam e evitem áreas de risco.”

O rodízio de veículos foi suspenso. No início da manhã, de acordo com o CGE, a cidade tinha 76 pontos de alagamentos, sendo oito transitáveis e 68 intransitáveis. Às 9h, o número baixou para 56 pontos de alagamentos, sendo 51 intransitáveis e cinco transitáveis. A Marginal Tietê, na região da Ponte da Casa Verde, foi totalmente interditada por volta das 5h30 após o rio transbordar. Na mesma via, também houve transbordamento do rio na altura da Ponte do Piqueri.

Já na Marginal Pinheiros, houve transbordamentos junto às pontes Cidade Universitária e Jaguaré, que deixaram os trechos intransitáveis. A região do Cebolão, que liga as duas marginais com a Rodovia Castello Branco, também foi totalmente paralisada por volta das 5h30.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio municipal para carros e caminhões com placas 1 e 2 durante todo o dia devido às fortes chuvas.

O metrô opera normalmente, mas a linha 9 – Esmeralda da CPTM parou e a linha 8 – Diamante da CPTM não funcionava até às 9h10. Ônibus do sistema Paese foram acionados para atender aos usuários, mas encontram dificuldades para chegar às estações devido ao trânsito.

Os primeiros alertas para alagamentos em todas as zonas da capital, além das Marginais Pinheiros e Tietê, foram emitidos por volta das 1h. Entre meia-noite e 6h45, o Corpo de Bombeiros foi acionado para 24 casos de desabamentos, 245 para enchentes e 27 para quedas de árvores. Até o momento não há vítimas.

Fonte: VEJA

bannerMemorial

Sexta, dia 06/03, às 19h Cura Divina e Libertação SEDE NACIONAL               Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - São Paulo - SP