Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Perito comprova autenticidade de e-mail que pode complicar Lula

A perícia criminal da Polícia Federal no Paraná afirma que as novas mensagens eletrônicas entregues por Marcelo Odebrecht à justiça são autênticas (ver o laudo abaixo).

Esses documentos foram anexados aos autos do processo em que o ex-presidente Lula é acusado de beneficiar as empreiteiras Odebrecht e OAS em troca de mais de R$ 1 milhão em reformas no sítio de Atibaia. 

Segundo Odebrecht, as mensagens, datadas de 2011, tratam da compra do terreno pela empreiteira.

“Conforme exposto na Seção III, foram localizadas, no material examinado, todas as mensagens eletrônicas relacionadas ao evento 1.535, cujo conteúdo foi encaminhado por meio do arquivo “pericia_1535_ANEXO2.pdf””, escreveu o perito.

A um interlocutor, Marcelo Odebrecht garante que lê cerca de 1 000 e-mails por dia para complementar sua delação.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

AGUARDE NOVAS ATUALIZAÇÕES!