Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Preço médio dos combustíveis cai na primeira semana de junho

Os preços dos combustíveis apresentaram redução na semana passada, conforme levantamento divulgado nesta segunda-feira, 11, pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Os custos da gasolinadiesel e o gás de cozinha tiveram queda significativa entre os dias 3 e 9 de junho. Só o litro do etanol registrou aumento no período.

O valor médio da gasolina caiu de 4,614 reais na pesquisa anterior para 4,603 reais neste levantamento. Por Estado, o maior custo médio para o combustível foi encontrado no Acre. Por lá, o litro era encontrado por 5,038 reais. Já a menor cotação média foi a do Amapá: 4,190 reais por litro.

O valor do diesel, principal demanda dos caminhoneiros durante a greve de onze dias do mês passado, saiu de 3,828 para 3,482. O litro mais caro é o do Acre, 4,447 reais. E o mais barato está no Paraná, 3,257 reais.

Já o botijão de 13 kg do gás de cozinha, o GLP, saiu da média de 70,61 reais para 68,97 reais. O Mato Grosso tem o botijão mais caro, 96,54 reais. E a Bahia, o mais barato: 61,48 reais.

O etanol foi o único combustível a apresentar aumento no preço médio, que subiu de 2,953 reais para 2,982 reais. O custo mais alto está no do Acre, 3,984 reais. E o menor valor é o do Mato Grosso, 2,710 reais.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Domingo, dia 25/11, às 8h 2019 - O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR SEDE INTERNACIONAL                   Av. Cruzeiro do Sul, 1965 - Santana - SP