Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Prazo para saque do PIS/Pasep acabou; saiba quem ainda tem direito

O prazo de saque do PIS/Pasep para todas as idades acabou na última sexta-feira. Agora, o dinheiro só pode ser retirado em algumas situações, como por maiores de 60 anos, aposentadoria, doenças graves ou morte.

O pagamento da cota é devido a trabalhadores que atuaram formalmente na iniciativa privada ou no serviço público entre os anos de 1971 e 1988. Neste período, os empregadores recolhiam recursos do PIS/Pasep em nome de seus funcionários, como ocorre atualmente com o FGTS. O depósito deixou de ser feito a partir da Constituição de 1988, mas o dinheiro ficou depositado nos bancos em nome dos trabalhadores, que podiam retirar apenas os rendimentos uma vez por ano.

Neste ano, o governo reduziu a idade de saque para 60 anos e, em junho, liberou o dinheiro para todos os trabalhadores, estabelecendo o prazo final em 28 de setembro.

O calendário para a retirada do dinheiro não sofreu prorrogações. Desde segunda-feira, só recebe o dinheiro quem se encaixa nos critérios estabelecidos por lei:

-Aposentadoria
-Idade igual ou superior a 60 anos
-Invalidez
-Transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar)
-Idoso ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada
-Câncer
-Portador do vírus HIV
-Doenças listadas na portaria interministerial do governo
-Morte (o saldo da conta será pago aos dependentes ou sucessores do titular)

Para realizar o saque, o beneficiário deve procurar a Caixa Econômica Federal, responsável pela liberação do PIS, ou o Banco do Brasil, que paga o Pasep. É necessário dirigir-se à uma agência com documento de identificação com foto.

Fonte: VEJA


bannerMemorial

AGUARDE NOVAS ATUALIZAÇÕES!