Marcola é transferido para presídio federal de Mossoró

O chefe máximo do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Williams Herbas Camacho, o Marcola, está sendo transferindo na manhã desta quarta-feira do Presídio de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, para o sistema penitenciário federal. Para fazer o encaminhamento, foi montado um forte esquema de segurança com o efetivo das Polícias Militar, Civil e Federal. Além dele, outros 21 presos ligados à facção estão sendo transferidos.

Marcola foi condenado a 232 anos e 11 meses de prisão por homicídio, tráfico de drogas, formação de quadrilha e roubo.

Fonte: VEJA