Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Justiça prorroga prisão de investigados no roubo de ouro em Guarulhos

A Justiça prorrogou, nesta quinta-feira 1º, a prisão temporária dos três homens investigados no roubo de 718,9 quilos de ouro ocorrido há uma semana dentro do terminal de cargas do Aeroporto Internacional Franco Montoro, conhecido como Cumbica, em Guarulhos, São Paulo.

De acordo com a polícia, ao menos 10 pessoas participaram do crime. O trabalho de apuração, no momento, busca identificar os outros envolvidos. “Novos detalhes sobre as apurações acontecerão em momento oportuno. O procedimento visa preservar a investigação e evitar desvios na linha de trabalho”, diz, em nota, a polícia.

Dois suspeitos foram presos no último domingo (28). O terceiro foi detido em flagrante, segundo a polícia, com um carregador de fuzil e munição. De acordo com o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), esse suspeito ofereceu apoio logístico para passar a carga roubada dos carros usados no assalto para outros veículos.

O grupo chegou ao aeroporto por volta das 14h30 da quinta-feira 25, em dois carros disfarçados de viaturas da Polícia Federal. Fortemente armados, eles renderam os funcionários que faziam a manipulação da carga e os obrigaram a transferir o ouro para uma das caminhonetes. A entrada dos ladrões foi facilitada pelo supervisor de logística, que afirma ter sido rendido na noite anterior.

O metal, dividido em 31 malotes, tinha como destino Nova York, nos Estados Unidos, e Toronto, no Canadá.

(Com Agência Brasil)

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Aguarde Novas Atualizações