Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Danilo Queiroz

Pr. Danilo Queiroz

Sede Estadual – CE   [email protected]  

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Furacão Dorian cai para categoria 3, mas ainda ameaça Caribe e EUA

Se movendo lentamente sobre o território das Bahamas, onde deixou ao menos cinco mortes, o furacão Dorian foi rebaixado para a categoria 3 (de cinco existentes, sendo a quinta a de maior gravidade), de acordo com o boletim mais recente do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês). Ainda assim, a iminência de sua chegada na costa americana é vista como uma ameaça.

O furacão continua muito perigoso, com ventos de 205 km/h, e parece estar detido na ilha Grande Bahama, onde passará grande parte da terça-feira e provocará chuvas torrenciais, segundo a NHC.

Dorian deve se aproximar da costa leste da Flórida entre a noite de terça-feira e a manhã de quarta, antes de seguir rumo à Geórgia e à Carolina do Sul, segundo o NHC.

Em uma coletiva de imprensa na Agência Nacional de Gestão de Emergências em New Providence, o primeiro-ministro das Bahamas, Hubert Minnis, confirmou o registro de pelo menos cinco mortos e cerca de 20 feridos. O premiê descreveu o furacão como uma “tragédia histórica” para o arquipélago.

Segundo um cálculo inicial da Cruz Vermelha, cerca de 13.000 casas podem ter sido danificadas, ou destruídas, pela passagem do Dorian nas Bahamas.

O NHC também advertiu que “o furacão se moverá perigosamente perto da costa leste da Flórida até quarta-feira à noite e, depois, perigosamente perto da costa da Geórgia e da Carolina do Sul, na noite de quarta e na quinta-feira”, disse.

Flórida, Geórgia e Carolina do Sul ordenaram a evacuação obrigatória de centenas de milhares de residentes da costa a partir de meio-dia desta segunda-feira.

“Se você está em uma zona de evacuação, saia agora. Podemos reconstruir sua casa. Não podemos reconstruir sua vida”, disse o governador da Flórida, Rick Scott, no Twitter.

(Com AFP)

Fonte: VEJA


bannerMemorial

Sexta, dia 29/11, às 19h   Projeto de Vida 2020     SEDE DISTRITAL             Av. Comercial Norte, QNE 27 - Lt. 20 - Taguatinga - Brasília - DF