Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Emerson Stevanelli

Pr. Emerson Stevanelli

Sede Estadual – PB [email protected] [email protected]

Pr. Raphael Batista

Pr. Raphael Batista

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Leonardo Pinheiro

Pr. Leonardo Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Internacional – SP   [email protected]  

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. William Alves

Pr. William Alves

Sede Estadual – PA [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Wesley Santos

Pr. Wesley Santos

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Reinaldo Rosário

Pr. Reinaldo Rosário

Sede Estadual – CE [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Crescio Rezende

Pr. Crescio Rezende

Sede Estadual - RN [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Gilvan Gomes

Pr. Gilvan Gomes

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Dionatan Freitas

Pr. Dionatan Freitas

Sede Estadual - GO [email protected]

18. A ASCENSÃO DE JESUS E O ENVIO DO ESPÍRITO SANTO

18A ASCENSÃO DE JESUS E O ENVIO DO ESPÍRITO SANTO

Na véspera da Sua morte, Jesus tinha dito que nos convinha que Ele voltasse para o Pai, “porque, se Eu não for, o Parakletos não virá a vós; MAS SE EU FOR, ENVIAR-VO-LO-EI” (Jo 16:7).

Cremos que a vinda do Espírito Santo à Igreja dependeu diretamente da ascensão e chegada vitoriosa de Jesus no Céu: “E isso disse Ele do Espírito, que haviam de receber os que Nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado” (Jo 7:39).

E no momento em que Ele chegou de volta à Casa do Pai e foi glorificado, todo o Céu se prostrou diante Dele, e na mesma hora o Espírito Santo desceu sobre a Igreja, conforme está escrito no Livro de Atos, capítulo 2:

“Cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; e, de repente, veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concediam que falassem” (At 2:1-4).

Cremos que o Batismo com Espírito Santo e com Fogo naquele Dia de Pentecostes é mais uma prova de que Ele morreu, ressuscitou, subiu aos Céus, foi glorificado pelo Pai, recebeu todo o Poder no Universo, assentou-Se à Direita de Deus, de onde enviou o Seu Espírito sobre os salvos e continua enviando, e muito breve voltará e arrebatará todos os que estiverem selados com esta Promessa do Pai (Lc 17:34-37, Mt 25:3146, Jo 14:18, Ef 1:13-14, Ap 1:7-8,17,18, I Ts 4:16-17, Ap 3:21, 5:6-14, 19:11-21, 21:5-27, 22:3-21).

Cremos que no Dia de Pentecostes um só Espírito encheu os cento e vinte discípulos que estavam reunidos no Cenáculo. Não eram cento e vinte espíritos descendo, mas Um só, o que prova que o Espírito Santo é Deus e igualmente Onipresente!

Cremos que o Batismo com o Espírito Santo e com Fogo é superior a qualquer outra manifestação espiritual conhecida, porque não é da Terra, nem de debaixo da terra, nem do Abismo e, sim, do Alto! Não se trata de espíritos de falecidos, nem de outros espíritos, nem de Anjos, mas do próprio ESPÍRITO DE DEUS!

Cremos que Deus proibiu o homem e a mulher de buscarem espíritos, sejam de entidades ou de mortos (Dt 18:9-14), e que o único Espírito que nos mandou buscar é o ESPÍRITO SANTO DE DEUS. Somente o Espírito Santo não despersonaliza a pessoa que o recebe, não mente, não vitupera e nem faz mal.

Ter o Espírito Santo nas nossas vidas é fundamental porque é Ele que nos orienta (Rm 8:14), enche o nosso coração de amor (Rm 5:5), santifica (II Co 3:18, II Ts 2:13), produz bons frutos (Gl 5:22-23) e intercede por nós, através de nós (Rm 8:26-27, Ef 6:18).

bannerMemorial

AGUARDE NOVAS ATUALIZAÇÕES!