Pr. Ademir Pereira

Pr. Ademir Pereira

Sede Estadual - RN [email protected]  

Pr. Delson Campos

Pr. Delson Campos

Sede Estadual – BA   [email protected]

Pr. David Scarinci

Pr. David Scarinci

Sede Estadual – PA   [email protected]

Pr. Luciano Alves

Pr. Luciano Alves

Sede Estadual – AM [email protected]

Pr. Fábio Henrique

Pr. Fábio Henrique

Sede Nacional em Portugal [email protected]

Pr. Márcio Candido

Pr. Márcio Candido

Sede Estadual – PE [email protected]

Pr. Regino Barros

Pr. Regino Barros

Sede Estadual – PB [email protected]

Pr. Weslley Santos

Pr. Weslley Santos

Sede Estadual – AL [email protected]

Pr. Neilton Rocha

Pr. Neilton Rocha

Sede Nacional – SP   [email protected]  

Pr. Danyel Pagliarin

Pr. Danyel Pagliarin

Sede Estadual – PR [email protected]

Pr. Marcelo Torres

Pr. Marcelo Torres

Sede Estadual - SE [email protected]

Pr. Jean Vilela

Pr. Jean Vilela

Sede Estadual – MG [email protected]

Pr. Wadson Medeiros

Pr. Wadson Medeiros

Sede Estadual – RS [email protected]

Pr. Carlos Pinheiro

Pr. Carlos Pinheiro

Sede Estadual – MA [email protected]

Pr. Márcio Silva

Pr. Márcio Silva

Sede Distrital – DF   [email protected]

Pr. Sandro Pinheiro

Pr. Sandro Pinheiro

Sede Estadual - PI [email protected]

Pr. Alexandre Teodoro

Pr. Alexandre Teodoro

Sede Estadual – RJ [email protected]

Pr. Joaquim Neto

Pr. Joaquim Neto

Sede Estadual – CE   [email protected]  

SETE PRINCÍPIOS PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL

1. APRENDA A ESQUECER

“Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus”(Fp 3.13-14).

Os pecados confessados devem ser deixados para trás. Não devemos permitir que o Inimigo nos acuse. Isaías 43.25, lemos que o Senhor apaga nossas transgressões e não se lembra de nossos pecados: “Sou em mesmo, aquele que apago as suas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro”. 

Esquecer as próprias falhas significa se perdoar. Se houve o perdão ao próximo, deverá haver também o esquecimento. Quem diz que perdoou e se lembra das falhas cometidas objeto do perdão, é porque não perdoou.

2. APRENDA A PERDOAR

Perdão não existe na natureza. Jesus o trouxe até nós. Praticar o perdão é estar sob a graça de Deus. A liberação do perdão mantém a saúde física e espiritual. Porque fomos perdoados devemos perdoar. Jesus ensinou: “Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores” (Mt 6.12).

Se nunca praticar o perdão, e esconder num cantinho do coração as mágoas e ressentimentos, um peso impedirá de crescer espiritualmente e haverá um bloqueio crescente para a prática do crescimento espiritual na Obra de Deus. 

3. PRATIQUE A ORAÇÃO

Todo crescimento espiritual é conquistado com a prática constante da oração, leitura e estudo da Palavra de Deus. “Muita oração, muito poder, pouca oração pouco poder e nenhuma oração nenhum poder”.  É preciso manter a comunhão diária com Deus onde quer que estejamos.

Tg 4.2-3 nos adverte: “Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites”.

4. CREIA

Marcos 11.24 diz que tudo quanto pedimos em oração, crendo que receberemos, assim será conosco. Hb 11.6 diz: “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem d’Ele se aproxima precisa crer que Ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”. Se buscarmos com fé Ele nos atenderá. Lembrando que a fé vem pelo ouvir e pela leitura da Palavra de Deus. A fé igual a de Tomé não é fé. A fé verdadeira é igual a fé de Abraão. Crescer espiritualmente requer crescer em fé, em experiências com Deus, em obediência aos 10 mandamentos, em permitir que Ele nos guie pelo Espírito Santo.

5. APRENDA A ADORAR

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem” (Jo 4.23).

“E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração; Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus” (Ef 5.18-21). O cristão é santuário de Deus e cresce ao viver em plena comunhão com Ele. Dar graças em tudo fortalece. Adoração implica em leitura diária da Palavra, louvar a Deus com cânticos e orações.

6. APRENDA A TESTEMUNHAR

Lembre-se que somos testemunhas de Jesus Cristo (At 1.8). Aproveite todas as oportunidades para testemunhar sobre o que Deus fez em sua vida, e veja sua vida espiritual crescer em ousadia e comprometimento com Jesus e com Seu Reino.

7. APRENDA A DAR

“Dêem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês” (Lc 6.38). “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição, mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna. E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé” (Gl 6.7-10). É preciso, pois, semear na Obra do SENHOR com dízimos e ofertas, em amor.

Por Valdely Cardoso Brito

bannerMemorial

Sábado, dia 04/12, às 15h CANTO PELA PAZ     Parque da Juventude - Ao lado do Metrô Carandiru