O Verbo Criador

JO Todas as coisas foram feitas por Ele e, sem Ele, nada do que foi feito se fez.

Notas do Autor: Jo 1:3

E, SEM ELE, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ. A Ciência atingiu um estágio de conhecimento em que até as mentes mais brilhantes, diante da complexidade da Vida e do Universo, se veem obrigadas a admitir uma grande Inteligência por trás de tudo isso: “Ou encontramos explicações científicas para certos mistérios da criação do Universo, ou teremos de aceitar que tudo foi feito por alguém, com o objetivo claro de abrigar a vida humana” – disse Stephen Hawking, considerado o físico mais importante desde Albert Einstein. Aliás, Einstein também disse: “Vemos um Universo maravilhosamente organizado, e nossa mente limitada não consegue entender a força misteriosa que move a constelação” (Revista Veja, edição 1885, n.º 51). Reproduzindo magnífico texto da mesma publicação, lemos: “Uma joia rara no Universo. A Terra é o terceiro planeta do sistema solar. Se fosse o primeiro ou o segundo, seria quente demais e toda água se evaporaria. Se fosse o quarto, o quinto o sexto... ou o nono, sua superfície seria tão gelada que não haveria água em forma líquida. O tamanho e a massa da Terra também foram calibrados pela natureza para sustentar a vida. Um pouco menos de massa e não haveria força gravitacional para manter uma atmosfera. Um pouco mais de massa e o núcleo provocaria oscilações gravitacionais capazes de transformar o clima em um inferno. O mais espantoso: se a súbita expansão que se seguiu ao Big Bang na criação do Universo tivesse se atrasado em uma fração de trilionésimo de segundo, as galáxias e os planetas teriam sido atraídos para o núcleo cósmico e destruídos. Se a expansão tivesse se adiantado à mesma fração de tempo, o Universo teria se evaporado na forma de uma nuvem de partículas geladas”. Cada dia mais a Ciência vai se rendendo à extrema precisão, inteligência e engenhosidade do Criador. Ele é o Verbo que se conjuga nos três tempos: Passado, Presente e Futuro. Isto se confirma no trecho de Apocalipse que fala da volta visível do Senhor: “EU SOU o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso”  (Ap 1:8). “Alfa e Ômega”: a primeira e a última letra do Alfabeto Grego. “O Todo-Poderoso”: em hebraico El Shadday, título exclusivo de Deus (Gn 28:3). E o Senhor não o usaria se não O fosse, porque Ele nunca mentiu e jamais mentirá: “O Verbo” é Deus!

Por Juanribe Pagliarin