Skip to content

Com salários de até R$ 22,9 mil, ‘Enem dos concursos’ encerra inscrições nesta sexta

Até o momento, Concurso Nacional Unificado teve mais de 1,7 milhão de inscritos, se tornando o maior da história do país.

As inscrições para o Concurso Nacional Unificado, conhecido como “Enem dos concursos”, terminam nesta sexta-feira (9). Até o momento, mais de 1,7 milhão de pessoas se inscreveram para disputar uma das 6.640 vagas, com salários de até R$ 22,9 mil, distribuídas entre 21 órgãos federais. As provas serão aplicadas em 220 cidades do país, em 5 de maio.

O concurso será dividido em oito blocos temáticos, sendo sete de nível superior e um de nível médio. Os candidatos do nível superior podem concorrer a diversas vagas, desde que sejam do mesmo bloco. É necessário titulação específica em alguns cargos, ou seja, o candidato que não apresentar a formação específica para a função não poderá tomar posse.

O maior salário inicial é de R$ 22.921,71, para o cargo de auditor-fiscal do trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego. Já a remuneração mais baixa é para a vaga de técnico em informações geográficas e estatísticas, que tem salário inicial de R$ 4.008,24.

Os interessados devem ter conta no Gov.br para realizar a inscrição no site da Fundação Cesgranrio. A taxa de inscrição foi fixada em R$ 90 para as vagas de nível superior e R$ 60 para os cargos de ensino médio.

Segundo o ministério, o concurso terá validade de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Confira os editais por bloco:

  • Bloco 1: Infraestrutura, exatas e engenharia;
    • Bloco 2: Tecnologia, dados e informação;
    Bloco 3: Ambiental, agrário e biológicas;
    • Bloco 4: Trabalho e saúde do servidor;
     Bloco 5: Educação, saúde, desenvolvimento social e direitos humanos;
    • Bloco 6: Setores econômicos e regulação;
    • Bloco 7: Gestão governamental e administração pública; e
    • Bloco 8: Nível intermediário.

Confira a distribuição de vagas por órgão:

  • Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI): 1.480
    • Ministério do Trabalho e Emprego (MTE): 900
    • Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra): 742
    • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): 620
    • Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet): 520
    • Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai): 502
    • Advocacia Geral da União (AGU): 400
    • Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): 310
    • Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI): 296
    • Ministério da Saúde: 220
    • Ministério da Justiça e Segurança Pública: 130
    • Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC): 110
    • Ministério da Educação (MEC): 70
    • Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO): 60
    • Ministério da Cultura (Minc): 50
    • Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep): 50
    • Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel): 40
    • Ministério dos Direitos Humanos (MDH): 40
    • Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc): 40
    • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq): 30
    • Ministério dos Povos Indígenas (MPI): 30

Veja o cronograma:

  • Inscrições:19/1/2024 a 9/2/2024
    • Divulgação dos dados finais de inscrições:29/2/2024
    • Divulgação dos cartões de confirmação: 29/4/2024
    • Aplicação das provas: 5/5/2024
    • Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 3/6/2024
    • Divulgação final dos resultados: 30/7/2024
    • Início da convocação para posse e cursos de formação: 5/8/2024

Fonte: R7