Skip to content

“Domo de calor”: saiba quais cidades do Brasil podem ser atingidas pela massa de ar quente vinda da Argentina

Fenômeno deve ser sentido em regiões do Rio Grande do Sul; sensação térmica pode chegar a 40ºC.

A meteorologia prevê para os próximos dias uma onda de temperaturas elevadas na Argentina. O fenômeno, chamado de “domo de calor”, também deve ser sentido em parte do Rio Grande do Sul.

Segundo o MetSul, as máximas na região oeste do estado podem variar entre 36ºC e 39ºC até a metade da próxima semana. A sensação térmica deve passar dos 40ºC.

Entre os municípios que devem sentir o calorão, estão:

Alegrete,
Barra do Quaraí,
Itaqui,
Maçambará,
Manuel Viana,
Quaraí,
Rosário do Sul,
São Borja,
São Gabriel,
Santana do Livramento
e Uruguaiana.

O que é o “domo de calor”?

O “domo de calor” ocorre quando uma área de alta pressão permanece sobre a mesma região por dias ou até semanas, prendendo ar muito quente por baixo assim como uma tampa em uma panela.

Isso comprime o ar no solo e, através da compressão, aquece a coluna de ar.

De acordo com a MetSul, evidências de estudos sugerem que a mudança climática está aumentando a frequência de cúpulas de calor intensas, bombeando-as para mais alto na atmosfera. Algo não muito diferente de adicionar mais ar quente a um balão já aquecido.

Por isso, vários levantamentos apontam aumento da intensidade, duração e frequência de ondas de calor no Brasil e ao redor do mundo.

Fonte: CNN BRASIL