Skip to content

CASAIS COM PAZ E VIDA

Drogas, álcool, cigarro e armas estão entre as proibições na hora da prova, enquanto a máscara contra Covid-19 pode ser obrigatória.

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio terminam hoje, sexta-feira, dia 16, às 23h59, após um apelo do presidente Lula aos estudantes nesta semana para que participem do processo seletivo.

Um estudo recém-publicado de pesquisadores da UFRJ, com o apoio do Instituto Unibanco, mostra que, após leve crescimento de 2013 a 2016, as taxas de inscrição e a participação dos jovens no exame têm caído de maneira continuada, representando a maior crise da história da prova.

Essa queda atingiu justamente o público-alvo do Enem: os alunos mais vulneráveis. E pôs em xeque um programa maior do governo federal que teve início em 2023 com a missão de redemocratizar o ensino superior do país.

Ele inclui, entre diversos pontos, a expansão das universidades federais, o Sisu, o Fies e o ProUni.

“Desde 2017 já era sentida uma diminuição na presença dos estudantes mais pobres no exame. Isso aconteceu por diversos fatores, incluindo o estabelecimento de regras muito rígidas para isenção da taxa de inscrição, que dificultaram o acesso dos estudantes ao exame”, diz Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco, um dos responsáveis pela pesquisa.

Fique de olho

Além de respeitar o prazo, é importante que os candidatos estejam atentos à preparação para a prova e também ao que pode levar à desclassificação.

“Se organizar não é apenas fazer a inscrição. A preparação começa em cada aula assistida com interesse, comprometimento, curiosidade e vontade de aprender”, avalia Geraldo Sant’Anna, supervisor pedagógico do Centro Paula Souza.

O Enem conta com diversas regras e obrigatoriedades, que vão desde o momento da inscrição até a realização do exame.

R7 selecionou, com base no edital, os principais erros que podem levar o candidato a ser eliminado. Confira quais são e, na sequência, o passo a passo detalhado para se inscrever. O valor da taxa é de R$ 85 e pode ser pago até o dia 21.

O que não fazer na inscrição

  • O candidato não pode, de maneira alguma, informar dados incorretos ou anexar documentos que não sejam verdadeiros.

O que não fazer no início da prova

  • Permanecer no local sem documento de identificação válido ou sem a máscara para prevenção à Covid-19 nos estados ou municípios onde o uso em local fechado seja obrigatório;
    • Perturbar, de qualquer modo, a ordem no local de aplicação das provas; e
    • Comunicar-se verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, com qualquer pessoa que não seja da equipe de aplicação, a partir das 13h.

O que não fazer durante a prova

  • Utilizar livros, notas, papéis ou impressos;
    • Registrar ou divulgar por imagem, vídeo ou som a realização da prova ou qualquer material utilizado no exame;
    • Levar ou ingerir bebidas alcoólicas, cigarro ou drogas ilícitas;
    • Ausentar-se da sala de provas antes do período mínimo de duas horas, exceto para a ida ao banheiro acompanhada por um fiscal;
    • Recusar-se a ser submetido a vistoria, revista ou identificação especial;
    • Iniciar as provas antes das 13h30;
    • Usar boné ou dispositivos eletrônicos como telefones celulares; e
    • Portar armas de qualquer espécie.

O que não fazer no fim da prova

  • Destacar página, parte do caderno de questões ou da folha de rascunho; e
    • Recusar-se a entregar ao chefe de sala o cartão-resposta ou as folhas de redação e rascunho após decorridas 5 horas e 30 minutos de provas no primeiro dia e 5 horas de provas no segundo dia, salvo nas salas com tempo adicional.

Veja o passo a passo da inscrição

A inscrição é realizada de forma online na página do participante do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), por meio do login do gov.br. Saiba como fazer:

  • Acesse a página do participante;
    • Faça o login por meio do gov.br. Se não tiver cadastro, basta criar um e retornar à página do participante;
    • Clique em “inscrição”;
    • Siga as instruções para completar a etapa de segurança do Inep;
    • Informe os dados pessoais para a inscrição (CPF, data de nascimento, sexo, cor/raça, estado civil, nacionalidade, naturalidade e CEP);
    • Se não precisar de nenhum atendimento especializado, clique em “não preciso”;
    • Se precisar de atendimento especializado, clique em “preciso” e informe a sua condição, necessidade ou deficiência. O sistema vai dizer quais os recursos disponíveis. Além disso, será preciso anexar documentos que comprovem a necessidade de atendimento; • Se preciso, escolha a língua estrangeira. Estarão disponíveis inglês e espanhol;
    • Informe a sua escolaridade. Aqueles que escolherem as opções “estou cursando o ensino médio, mas não estou na última série/ano” ou “não estou cursando e não concluí o ensino médio” participarão como treineiros;
    • Preencha o questionário socioeconômico de 25 perguntas;
    • Informe o celular e o email, necessários caso o Inep precise entrar em contato;
    • Escolha a cidade e o estado em que deseja realizar a prova. Não é possível escolher o local (escola), apenas o município; e
    • Confirme seus dados ao clicar em “confirmo a opção de língua estrangeira, modalidade e município de prova para a realização do exame”.

Fonte: R7

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE