Skip to content

Irã nega envolvimento em ataque à base dos EUA na Jordânia; Biden promete resposta

Além dos mortos, ao menos 24 militares ficaram feridos após bombardeio em uma pequena base americana, disseram autoridades à CNN.

O Irã negou no domingo (28) ter desempenhado qualquer papel no ataque a um posto militar dos EUA na Jordânia, que matou três militares americanos, segundo informou a agência de notícias estatal iraniana, citando a missão permanente do país nas ONU (Organização das Nações Unidas).

“O representante da República Islâmica do Irã nas Nações Unidas disse no domingo à noite à IRNA [Agência de Notícias da República Islâmica] que o Irã não tinha ligação e não tinha nada a ver com o ataque à base dos EUA”, afirmou o relatório.

O ataque marcou a primeira vez que tropas norte-americanas foram mortas por fogo inimigo no Médio Oriente desde o início da guerra em Gaza.

No domingo, o presidente dos EUA, Joe Biden, prometeu responsabilizar os autores ​​pelas mortes e atribuiu a culpa pelos ataques a grupos militantes apoiados pelo Irã.

A Resistência Islâmica no Iraque, um grupo guarda-chuva de várias milícias apoiadas pelo Irã no país, disse ter atacado vários locais ao longo da fronteira Jordânia-Síria no domingo – incluindo um campo perto da base dos EUA na Jordânia, onde soldados foram mortos.

Fonte: CNN BRASIL