Skip to content

CASAIS COM PAZ E VIDA

Caminhada espacial desta terça-feira (15) é a primeira da Nasa desde março e a estreia dos astronautas Josh Cassada e Frank Rubio fora das instalações.

As coisas estão prestes a ficar agitadas na Estação Espacial Internacional (EEI). Na manhã desta terça-feira (15), astronautas da agência espacial norte-americana, Nasa, deram início à primeira de uma série de caminhadas espaciais de fim de ano.

Caminhantes espaciais de primeira viagem, os astronautas da Nasa Josh Cassada e Frank Rubio começaram sua excursão fora da estação espacial às 11h14 pelo horário de Brasília, com cobertura ao vivo no site da agência. A previsão é de que o evento dure cerca de sete horas.

Cassada está vestindo o traje espacial com listras vermelhas como tripulante extraveicular 1, enquanto Rubio está no traje não marcado como tripulante extraveicular 2.

Os astronautas montarão um suporte no lado estibordo da treliça da estação espacial. O hardware que será instalado durante a caminhada espacial foi entregue à estação espacial em 9 de novembro a bordo da espaçonave Cygnus da Northrop Grumman, que entregou sua carga com segurança, apesar de apenas um de seus dois painéis solares ser implantado após o lançamento.

Esse hardware permitirá a instalação de mais painéis solares de lançamento, chamados iROSAs, para aumentar a potência da estação espacial. Os dois primeiros painéis solares de implantação foram instalados fora da estação em junho de 2021. No total, seis iROSAs foram planejados e provavelmente aumentarão a geração de energia da estação espacial em mais de 30% quando todos estiverem operacionais.

Durante mais duas caminhadas espaciais em 28 de novembro e 1º de dezembro, uma equipe de dois astronautas desenrolará e instalará outro par de painéis solares assim que o hardware de montagem estiver no lugar. Os painéis solares serão entregues na próxima missão de reabastecimento comercial SpaceX Dragon, atualmente prevista para lançamento em 21 de novembro.

As caminhadas espaciais fazem parte da rotina da tripulação da estação espacial, pois mantêm e atualizam o antigo laboratório orbital, mas a caminhada espacial de terça-feira é a primeira da Nasa desde março. As caminhadas espaciais da agência foram interrompidas depois que o astronauta da Agência Espacial Europeia Matthias Maurer terminou sua primeira caminhada espacial com água em seu capacete.

Uma fina camada de umidade que excedeu a quantidade normal e esperada foi descoberta no capacete de Maurer quando ele retornou à câmara de ar após uma caminhada espacial de quase sete horas. Maurer rapidamente tirou o capacete, em um evento considerado “por pouco” pela Nasa, e amostras de água, hardware do traje e o próprio traje espacial foram devolvidos à Terra para investigação. Funcionários da Nasa determinaram que o traje não apresentava falhas de hardware.

“A causa da água no capacete foi provavelmente devido ao desempenho do sistema integrado, onde muitas variáveis, como o esforço da tripulação e as configurações de resfriamento da tripulação, levaram à geração de quantidades comparativamente maiores do que o normal de condensação dentro do sistema”, de acordo com o blog da Nasa.

“Com base nas descobertas, a equipe atualizou os procedimentos operacionais e desenvolveu um novo hardware de mitigação para minimizar cenários em que o desempenho integrado resulta em acúmulo de água, enquanto absorve qualquer água que apareça. Essas medidas ajudarão a conter qualquer líquido no capacete para continuar mantendo a tripulação segura”.

Funcionários da Nasa deram o “sinal verde” para a retomada das caminhadas espaciais após a conclusão da revisão em outubro.

A equipe de investigação desenvolveu técnicas para gerenciar as temperaturas no traje e adicionou novas bandas de absorção ao capacete, disse Dina Contella, gerente de integração de operações do Programa da Estação Espacial Internacional.

As peças finas de cor laranja foram colocadas em diferentes partes do capacete, que já foi testado em órbita pelos astronautas dentro da estação espacial.

“Nós pegamos vários modelos diferentes disso e a tripulação a bordo jogou água ao redor, essencialmente tentou injetar água no capacete na mesma taxa que seria o pior caso. E descobrimos que essas almofadas eram muito, muito eficaz”, disse Contella.

A caminhada espacial de terça-feira permitirá que a tripulação teste as novas almofadas enquanto trabalham fora da estação espacial antes das caminhadas espaciais mais complexas de instalação de painéis solares nas próximas semanas.

Enquanto isso, uma caminhada espacial russa está programada para ocorrer na quinta-feira (17). Os cosmonautas Sergey Prokopyev e Dmitri Petelin começarão sua caminhada às 11h, pelo horário de Brasília, para trabalhar do lado de fora do módulo de laboratório multiuso Nauka. A dupla preparará um radiador para transferência do módulo Rassvet para Nauka durante sua caminhada espacial de sete horas, que também será transmitida ao vivo no site da Nasa.

Fonte: CNN BRASIL

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE